quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Bom Humor: To rindo à toa!



http://www.danimoreno.com.br/

http://youtu.be/NgU5OIwTEIA

Tô numa boa
Tô aqui de novo
Daqui não saio
Daqui não me movo
Tenho certeza
Esse é o meu lugar
Ah Ah!...

Tô numa boa
Tô ficando esperto
Já não pergunto
Se isso tudo é certo
Uso esse tempo prá recomeçar
Ah Ah!...

Doeu, doeu, agora não dói
Não dói, não dói
Chorei, chorei
Agora não choro mais...

Toda mágoa que passei
É motivo prá comemorar
Pois se não sofresse assim
Não tinha razões prá cantar...

Há Há Há Há Há!

Mas eu tô rindo à toa
Não que a vida
Esteja assim tão boa
Mas um sorriso ajuda a melhorar
Ah Ah!...

E cantando assim
Parece que o tempo voa
Quanto mais triste
Mais bonito soa
Eu agradeço por poder cantar
Lalaiá Laiá Laiá Iê!...

Chorei, chorei, agora não choro mais... Graças a Deus!!!


sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Dia do Músico


O Orvalho Vem Caindo

(Noel Rosa)

O orvalho vem caindo, vai molhar o meu chapéu
e também vão sumindo, as estrelas lá do céu
Tenho passado tão mal
A minha cama é uma folha de jornal
O orvalho vem caindo, vai molhar o meu chapéu
e também vão sumindo, as estrelas lá do céu
Tenho passado tão mal
A minha cama é uma folha de jornal
Meu cortinado é um vasto céu de anil
E o meu despertador é o guarda civil
(Que o dinheiro ainda não viu!)
O orvalho vem caindo, vai molhar o meu chapéu
e também vão sumindo, as estrelas lá do céu
Tenho passado tão mal
A minha cama é uma folha de jornal
A minha terra dá banana e aipim
Meu trabalho é achar quem descasque por mim
(Vivo triste mesmo assim!)
O orvalho vem caindo, vai molhar o meu chapéu
e também vão sumindo, as estrelas lá do céu
Tenho passado tão mal
A minha cama é uma folha de jornal
A minha sopa não tem osso e nem tem sal
Se um dia passo bem, dois e três passo mal
(Isso é muito natural!)





domingo, 17 de novembro de 2013

Tente outra vez



Tente outra vez

Veja
Não diga que a canção está perdida
Tenha fé em Deus, tenha fé na vida
Tente outra vez

Beba (Beba)
Pois a água viva ainda ta na fonte
Você tem dois pés para cruzar a ponte
Nada acabou, não, não, não

Tente
Levante a sua mão sedenta e recomece a andar
Não pense que a cabeça agüenta se você parar
Não, não, não, não, não, não
Há uma voz que canta, há uma voz que dança
Há uma voz que gira
Bailando no ar

Queira (Queira)
Basta ser sincero e desejar profundo
Você será capaz de sacudir o mundo
Vai, tente outra vez

Tente (Tente)
E não diga que a vitória está perdida
Se é de batalhas que se vive a vida
Tente outra vez...

(Raul Seixas)

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

No meu interior tem Deus


Nas terras guardiãs de minha história,
Onde o vento e da memória,
Continua a me levar.
Beiradas onde corre o velho rio,
São nascentes de caminhos,
Que ainda estou a procurar.
Lá onde a saudade ergueu morada,
E abriga o que de mim não passará.
Eu sou do interior, sou brasileiro,
Das gerais eu sou herdeiro,
'vez enquanto' eu falo 'uai.'
E sob o céu tão pontilhado de estrelas,
Brotam cores madrugueiras enfeitando o meu lugar.
O sino toca o povo vai abrindo a porta,
Chora o som de uma viola pra alegria regressar.
E canta a voz que já nasceu sofrida,
E reza a voz que nunca desistiu,
Tocam suas vinhas as mulheres,
Que nos filhos já escrevem: 'neste interior tem Deus.'
No meu interior tem Deus,
Tem deus, tem deus.
Eu sou um território sem fronteira,
Coração não tem porteira,
Mas quem manda aqui é Deus. (2x)
No meu interior tem deus. (4x)
No meu interior tem Deus,
Tem deus, tem Deus.
Eu sou um território sem fronteira,
Coração não tem porteira,
Mas quem manda aqui é Deus. (2x)
No meu interior tem deus. (4x)
http://youtu.be/K4jkiiIlam8
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...