domingo, 3 de junho de 2012

Cabecinha no ombro




Cabecinha No Ombro
(Almir Sater)

Encosta a sua cabecinha no meu ombro e chora...
E conta logo suas mágoas todas para mim

Quem chora no meu ombro eu juro que não vai embora,
Que não vai embora,
Que não vai embora

Quem chora no meu ombro eu juro que não vai embora,
Que não vai embora,
Porque gosta de mim...

Amor, eu quero o seu carinho, porquê, eu vivo tão sozinho
Não sei se a saudade fica ou se ela vai embora,
Se ela vai embora,
Se ela vai embora...
Não sei se a saudade fica ou se ela vai embora,
Se ela vai embora,
Se ela vai embora...

Encosta a sua cabecinha no meu ombro e chora...
E conta logo suas mágoas todas para mim...

Quem chora no meu ombro eu juro que não vai embora,
Que não vai embora,
Que não vai embora

Quem chora no meu ombro eu juro que não vai embora,
No meu ombro chora,
Porque gosta de mim...


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...